Gal Gadot é a capa e recheio da revista Modern Luxury Angeleno de maio. A atriz falou sobre o lançamento da sua série documental em parceria com a National Geographic, Impact, que estreia nas plataformas digitais e no Youtube em 26 de abril, com episódios semanais. Confira a tradução da matéria a seguir.

Tanto na tela, interpretando uma super-heroína, rainha e outras protagonistas, como por trás das câmeras, com uma nova e poderosa série de documentários, a celebração da resiliência feita por Gal Gadot é o superpoder que pode salvar a todos nós.

Quando eu era garotinha, eu era fascinada pelo laço dourado da Mulher-Maravilha. A arma secreta da super-heroína transformava até mesmo os vilões mais ameaçadores, forçando-os a enfrentar suas próprias verdades. Havia um grande poder de cura, expondo a humanidade vulnerável até mesmo dos personagens mais durões. Imagine ser capaz de salvar o mundo revelando nossas verdades mais profundas? Isso que é poder.

Determinada a não ser vítima de comparações clichês igualando Gal Gadot à Mulher-Maravilha, tentei não me distrair com as armadilhas óbvias. Há a beleza sobrenatural e o físico claramente superior, tipo, ela é uma ganhadora de concurso de beleza que treinou com as forças especiais israelenses; ela basicamente nasceu para o papel. Dificilmente é um salto da imaginação ver como esta mulher pode facilmente se juntar a seus companheiros super-heroís, mas o poder de Gadot que realmente me desarma é sua profunda empatia.

Me sinto muito grata por ter o amplo alcance que tenho com meus fãs e por interpretar a Mulher-Maravilha“, diz ela. “Eu queria usar esse poder e direcioná-lo para fazer mais bem no mundo.” Gadot fez parceria com a National Geographic para uma nova série chamada Impact with Gal Gadot. Os curtas documentários, com produção executiva de Gadot e de seu marido, Jaron Varsano, com a cineasta vencedora do Oscar Vanessa Roth, contam a história inspiradora de seis mulheres notáveis ​​em todo o mundo. Apesar das circunstâncias devastadoras, essas mulheres servem como luzes de esperança em suas comunidades.

No segundo episódio, estou em uma poça de lágrimas. O episódio traça o perfil de uma terapeuta de trauma em Half Moon Bay, Califórnia, que perdeu sua irmã gêmea para o COVID-19 e está transformando seu luto em impacto ao curar mulheres por meio da terapia do surf. Mais tarde, fico profundamente comovida com a história da Tuany, uma jovem e resiliente professora de balé que anima garotas através da dança (literalmente desviando de balas) no meio de uma das favelas mais perigosas do Rio de Janeiro. “Eu me apaixonei completamente pela história dela e como essa mulher é especial“, explica Gadot. “Construímos todo um conceito em torno da história dela. A ideia era encontrar histórias sobre mulheres extraordinárias que, apesar de viverem em áreas repletas de violência, pobreza, trauma, discriminação, opressão ou desastres naturais, seja o que for, continuam focadas em fazer o bem… fazendo uma mudança e tendo um impacto positivo em suas comunidades ao se destacar, orientar, falar e liderar. Esse era o sonho, criar uma comunidade de pessoas que querem fazer o bem. Pode começar pequeno, mas tem um grande impacto,” ela diz. “Elas provam que qualquer pessoa pode fazer a diferença em sua comunidade, não importa quão difíceis sejam as circunstâncias, por meio de resiliência e paixão… o que atualmente é uma mensagem muito importante, à medida que o mundo se recupera deste ano difícil e busca sinais de esperança.

Resiliência e esperança parecem ser fios tecidos na própria história de Gadot. “Acho que tudo começou com meu avô, um sobrevivente do Holocausto“, ela explica quando questionada sobre de onde obtém sua força característica. “Apesar de tudo que ele passou e apesar do fato de que ele perdeu sua família inteira, ele não tinha desprezo, nem ódio nele. Ele queria retribuir e fazer boas ações. Isso realmente ficou comigo.

Além de uma breve introdução, a voz de Gadot está decididamente ausente da série Impact, o que foi uma escolha consciente. “Eu queria usar minha influência para chamar atenção nas histórias delas e fazer com que as pessoas começassem a conversa… mas no final do dia, eu não sou a heroína, elas são. Elas são as heroínas de suas histórias. Eu queria que toda essa série fosse completamente sobre elas, porque elas são muito especiais,“ela diz. “Essas mulheres são todas determinadas; todas elas entendem e têm uma visão clara de como as coisas deveriam ser em suas comunidades. Elas não têm medo de agir.

E agir é exatamente o que Gadot deseja que todos façamos. “Espero que isso inspire as pessoas a fazerem o bem e agirem, porque pequenos atos podem basicamente ter uma grande influência. Espero que isso faça com que as pessoas sintam que elas não estão sozinhas em suas lutas. E realmente espero que sejamos capazes de criar a comunidade para que as pessoas realmente apoiem umas às outras.

Gadot diz que recentemente tem se concentrado em histórias femininas, como Impactem particular, com sua produtora, Pilot Wave. “Estou interessada em contar uma história do ponto de vista feminino porque é algo com o qual eu me conecto naturalmente,” ela diz. “Quero trazer coisas boas. Quero inspirar as pessoas a fazer o bem e trazer mais positividade para o mundo.

Apesar de todos os seus esforços sérios e impactantes, Gadot também tem um lado mais alegre. “Eu definitivamente tenho um lado mais leve e gosto de um bom senso de humor,” ela diz, reconhecendo que parece gravitar em torno de papéis de poder feminino. Em breve, Gadot estrelará como a “maior ladra do mundo” no filme Alerta Vermelho da Netflix; como a protagonista do tão aguardado filme de mistério, Morte no Nilo, de Agatha Christie; como a icônica Hedy Lamarr em uma série de oito episódios na Apple TV +; e como própria Cleópatra, em um filme com a diretora de Mulher-Maravilha, Patty Jenkins. “Há alguma semelhança com os papéis pelos quais me sinto atraída… Não quero dizer que sou uma princesa guerreira ou a rainha do Egito ou qualquer coisa assim, mas me sinto atraída por mulheres poderosas que são fortes e têm uma visão forte sobre a vida. Mas, é claro, por trás da câmera, sou como qualquer outra pessoa. Sou uma pessoa normal que adora ser boba,” ela diz. “Eu realmente lido com o que muitas pessoas estão lidando, simplesmente com a vida e a criação dos filhos, do trabalho e da família.

Lá vai ela de novo com aquele laço da verdade de desarmar. Como seu alter ego de super-herói, é a humanidade vulnerável que é a arma mais poderosa de Gadot. “Sempre digo que somos todos um eque estamos todos conectados ao redor do mundo. Todos nós sofremos de coisas semelhantes e todos lidamos com problemas semelhantes, e acho que as pessoas estão procurando se conectar com outros humanos, especialmente depois… deste ano que acabamos de vivenciar. As pessoas procuram por inspiração ao redor delas para ver o que nos conecta uns aos outros e como podemos apoiar uns aos outros. Eu realmente espero que Impact crie inspiração, mas também os atos de bondade que criarão o bem neste mundo.

Inicio » Ensaios Fotográficos | Photoshoots » 2018 » 007 | Dudi Hasson

Em 2010, no início de sua carreira, Gal Gadot contou para a Ynet uma lista de curiosidades sobre sua vida e carreira. Confira a seguir o que a atriz compartilhou.

por Sivan Kedmi

1000 vezes eu mudei de ideia sobre o que queria ser quando crescer: assessora jurídica, farmacêutica e bailarina. No final, faço a única coisa que nunca pensei em fazer.

178 centímetros é a minha altura, o que explica por que eu jogava no time de basquete do colégio. Não era uma grande cestinha, mas eu arrasava na defesa.

0 era o número de garotas do ensino médio que concordavam em ficar ao meu lado enquanto eu estava de saltos. Esta é a coisa mais próxima de um boicote pelo qual passei.

360 é o número de páginas de roteiro em inglês que li esta semana.

Decorei 20 páginas e o que posso dizer é: interpretar em inglês é um saco. Não importa o quanto eu trabalhe no sotaque, ele nunca será perfeito.

Passei 5 dias filmando com Mark Wahlberg e foi muito engraçado. Ele tem um amigo israelense que lhe ensinou um pouco de hebraico e, toda vez que ele saia para fumar, ele dizia “Gadot, indo atrás de uma shakhta”.

1 vez, caí durante um desfile de moda da Castro e nenhum canal de mídia deixou de exibi-lo. Cair dos saltos é definitivamente uma conquista respeitável na indústria da moda.

Recebi 1 oferta de foto da Playboy alemã. Ela foi rejeitada imediatamente.

99% dos nomes das pessoas que conheço, eu esqueço. Que sorte que o bom Deus nos deu “baby“.

Falo com minha mãe 9 vezes ou mais por dia. Menos do que isso eu começo a me preocupar.

50/50, esta é a minha divisão de tempo entre Tel Aviv e Los Angeles. Surpreendentemente, “olá” é uma palavra que uso muito mais lá. Aqui, simplesmente digo “oi”.

Por 8 horas, fiquei sentada em uma mesa de blackjack (vinte e um) em Las Vegas, com dois árabes e quatro copos de uísque, gritando para o carteador: Vira um As.

0, este é o número de bebidas que sobraram no meu casamento. A propósito, esse também é o número de vezes que saí em lua-de-mel. O tempo é um bem precioso.

Bato 3 vezes na madeira ou falo “hamsa” 5 vezes, toda vez que vejo um gato preto, tenho um pensamento negativo e/ou brigo com alguém.

Servi nas FDI por 2 anos, dos quais apenas 20 dias com uniforme. Quem disse que não valia a pena ser instrutora física na minha roupa civil.

Destruí 4 iPhones, o último não foi minha culpa: eu estava sentada em uma cadeira à beira-mar e, de repente, uma onda passou por mim. O iPhone começou a vibrar e a se contorcer, então corri para casa com ele para tentar salvá-lo. Era tarde demais.

2 vezes comecei a estudar Direito na Universidade Reichman (antiga IDC Herzliya).

Parei 2 vezes.

1/4 polonêsa, austríaca, alemã e tcheca são as minhas origens. E ainda me pergunto de que lado veio o pavio curto.

Inicio » Ensaios Fotográficos | Photoshoots » 2010 » 002 | Alex Lipkin

Gal Gadot anunciou hoje, através do Entertainment Tonight, a data de estreia de seu documentário em parceria com a National GeographicIMPACT com Gal Gadot, além de nos mostrar um novo trailer emocionante.

IMPACT com Gal Gadot estreia em 26 de abril no Youtube e plataformas da National Geographic (incluindo a Disney+), com a transmissão do documentário na integra em 24 de junho mundialmente em 172 países e em 43 línguas na TV.

No centro de algumas das circunstâncias mais difíceis do mundo, existem luzes de esperança. National Geographic Apresenta: IMPACT COM GAL GADOT é uma nova série de documentários de curta-metragem em seis partes que mostra as histórias poderosas de jovens mulheres resilientes em todo o mundo que superam obstáculos e fazem coisas extraordinárias dos produtores executivos Gal Gadot (Mulher-Maravilha), Jaron Varsano (Cleopatra) e a cineasta ganhadora do Oscar Vanessa Roth (Freeheld), Tara Long da Entertainment One (eOne), indicada ao Emmy® por LA Burning: The Riots 25 Years Later e Ryan Pallota da RPC.

IMPACT segue mulheres inspiradoras que vivem em comunidades marcadas pela violência, pobreza, trauma, discriminação, opressão e desastres naturais e, ainda, contra todas as probabilidades, ousam sonhar, se destacar, falar e liderar. A National Geographic anunciou hoje as histórias das seis mulheres corajosas apresentadas na série.

San Juan, Porto Rico, EUA: Descubra a história inspiradora de Arianna, uma mulher de 19 anos que lidera uma equipe de estudantes universitários que inventou um sistema de filtragem de água. Eles estão dando à população de Porto Rico acesso a água potável, após anos vivendo com água poluída após a devastação do furacão Maria, em 2017, e a falta de assistência governamental.

Half Moon Bay, Califórnia, EUA: Kelsey, de Half Moon Bay, Califórnia, é movida por duas paixões: surfar e ajudar as pessoas durante o luto e o trauma. Depois de perder sua irmã gêmea para a COVID-19, Kelsey transforma seu luto em impacto ao curar outras pessoas por meio de um programa especial de surfterapia que ela iniciou para mulheres que sofrem os efeitos do tráfico humano, violência doméstica, agressão sexual, luto e perda.

Memphis, Tennessee, EUA: Conheça Kayla, que dedicou sua vida a ajudar mulheres transexuais de cor e sem-teto em Memphis, Tennessee. Tendo passado pela falta de moradia e violência, Kayla criou uma comunidade segura para essas pessoas notoriamente discriminadas. Ela está construindo mais de duas dúzias de casas, em Memphis, para mulheres trans que precisam de segurança e um lugar para chamar de lar.

Rio de Janeiro, Brasil: Conheça a história inspiradora de Tuany, uma dançarina de balé de 23 anos que começou uma companhia de dança para meninas no meio de uma das favelas mais perigosas do Rio de Janeiro. Ela dá às alunas esperança de um futuro melhor e um espaço seguro longe do mundo violento ao seu redor.

Detroit, Michichan, EUA: Acompanhe a história de Kameryn, uma treinadora de patinação artística de 20 anos, em Detroit, que dedicou sua vida a treinar garotas negras para empodera-las dentro e fora do gelo.

Grand Caillou/Dulac, Louisiana, EUA: Conheça Shirell, a primeira chefe mulher de sua tribo do sul da Louisiana. Seus ancestrais viveram no local por centenas de anos e, agora, espera-se que estejam entre os primeiros refugiados climáticos dos Estados Unidos. Shirell não consegue impedir as tempestades, mas está impactando o legado de seus ancestrais, a vida de sua comunidade hoje e o futuro de seu povo.

Essas são histórias importantes e poderosas de mulheres corajosas que demonstram compaixão, humanidade e resiliência que merecem ser contadas e celebradas“, disse Gadot. “Sinto que é uma honra e um dever dar a essas mulheres notáveis de todo o mundo uma plataforma para mostrar o trabalho que elas estão fazendo em face de dificuldades avassaladoras. Mais do que nunca, precisamos ver o bem que está sendo feito por pessoas comuns em circunstâncias extraordinárias. Acredito muito no efeito cascata e, com este projeto, pretendemos criar uma comunidade para pessoas que desejam ajudar os outros. Estou orgulhosa de ter a oportunidade de ajudar a amplificar suas vozes e espero que os espectadores fiquem tão inspirados e empoderados quanto eu.”

Veja o novo trailer da série a seguir.

No Twitter, Gal Gadot falou sobre o projeto: “Um dos principais objetivos deste projeto único foi mostrar como estamos todos conectados, como todos afetamos uns aos outros, como todos inspiramos a mudança, como todos podemos impactar. Tenho muito orgulho de compartilhar IMPACT, contando as histórias de 6 mulheres inspiradoras causando um impacto em suas comunidades.

No último sábado (13), Gal Gadot compareceu ao Kids’ Choice Awards, premiação da Nickelodeon que honra os preferidos da criançada.

A atriz representou a diretora Patty Jenkins, a equipe e elenco de Mulher-Maravilha 1984 que ganhou o prêmio de Filme Favorito de 2021, concorrendo com DolittleHamiltonO Halloween de HubieMulan e Sonic: O Filme.

Confira o vídeo da premiação a seguir.

A atriz também posou para os fotógrafos na sala de imprensa, junto de seu prêmio.

Confira as fotos em nossa galeria ou clicando nos links abaixo.

Inicio » Eventos & Aparições Públicas | Events & Public Appearances » 2021 » 03.13 | Nickelodeon’s Kids’ Choice Awards 2021 – Tapete Laranja

Inicio » Eventos & Aparições Públicas | Events & Public Appearances » 2021 » 03.13 | Nickelodeon’s Kids’ Choice Awards 2021 – Cerimônia de Premiação

Inicio » Eventos & Aparições Públicas | Events & Public Appearances » 2021 » 03.13 | Nickelodeon’s Kids’ Choice Awards 2021 – Sala de Imprensa

A temporada de premiações de 2021 já começou e Gal GadotMulher-Maravilha 1984 já receberam suas primeiras indicações.

Nesta publicação, colocaremos todas as indicações, como e onde votar, como assistir a premiação e o resultado delas. Volte em breve, pois atualizaremos esta publicação constantemente!

Premiação: Hollywood Critics Association 2021

Quando: 05 de março
Como assistir: Transmissão ao vivo pelo Youtube e Facebook
Indicações
Melhor Blockbuster: Mulher-Maravilha 1984, concorrendo com Aves de Rapina, The Old Guard, Tenet Sonic: O Filme. Prêmio foi para Aves de Rapina.
Melhor Elenco de Dublês: Mulher-Maravilha 1984, concorrendo com Aves de Rapina, The Old Guard, Tenet e Resgate. Prêmio foi para Aves de Rapina.

Premiação: Kids’ Choice Awards

Quando: 13 de março
Como assistir: Transmissão simultânea na Nickelodeon, TeenNick, Nicktoons e Nick Jr. às 21h30 (Brasília).
Indicações
Melhor Atriz de Filme: Gal Gadot, concorrendo com Millie Bobby Brown (Enola Holmes, Enola Holmes), Anne Hathaway (Grand High Witch, Convenção das Bruxas) , Vanessa Hudgens (Princesas, A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura), Yifei Liu (Mulan, Mulan) e Melissa McCarthy (Carol Peters, Superinteligência). Prêmio foi para a atriz Millie Bobby Brown.
Filme Preferido: Mulher-Maravilha 1984, concorrendo com Dolittle, Hamilton, O Halloween de Hubie, MulanSonic: O Filme. GANHOU

VOTE AQUI

Make-Up Artists and Hair Stylists Guild

Quando: 3 de abril
Como assistir: A cerimônia será virtual, porém para assisti-la é necessário adquirir um ingresso.
Indicações
Melhor Efeito Especial de Maquiagem: Bill & Ted: Encare a Música, Bill Corso, Kevin YagherSteve WangStephen Kelley; Era Uma Vez um Sonho, Eryn Krueger Mekash, Matthew MungleJamie Hess; Mulan, Denise Kum, Chris Fitzpatrick; Pinóquio, Mark Coulier; The United States vs. Billie Holiday, Adrian Morot; Mulhr-Maravilha 1984, Jan Sewell, Mark Coulier.

 

Mulher-Maravilha 1984 também aparece nas categorias de pré-indicados ao BAFTA 2021 de Maquiagem e Cabelo, Design de Produção, Efeitos Visuais Especiais e Som. A lista de indicados finais será divulgada em 9 de março.

Na noite de ontem (07), Gal Gadot compareceu ao 26º Critics’ Choice Awards como apresentadora.

A cerimônia aconteceu de forma remota, apenas com Taye Diggs, o anfitrião da noite, nos estúdios. Gal Gadot apresentou o maior prêmio da noite: o de Melhor Filme, que foi para Nomadland.

Confira o vídeo de sua participação, que a coloca como “uma das maiores estrelas cinematográficas“.

As fotos de Gal Gadot na cerimônia de premiação podem ser encontradas nos links a seguir e em nossa galeria.

Inicio » Eventos & Aparições Públicas | Events & Public Appearances » 2021 » 03.07 | 26º Critics’ Choice Awards – Cerimônia de Premiação

Na tarde de hoje (01), Gal Gadot veio às suas redes sociais para nos dar uma notícia muito especial referente a ela, seu marido Jaron Varsano e suas filhas, Alma (9 anos) e Maya (3 anos): a família vai aumentar, a atriz está grávida de seu terceiro filho.

Aqui vamos nós de novo ❤✋🏻🧿”

A atriz Lynda Carter publicou uma foto dos bastidores de Mulher-Maravilha 1984, ao lado de Gal Gadot e Maya, parabenizando a atriz.

Minha querida Gal, fico muito animada em ver a sua família crescer enquanto vocês dá as boas-vindas ao bebê número 3. Você é uma verdadeira Mamãe Maravilha que consegue fazer tudo! B’sha’ah tovah, Gal Gadot Coração vermelho

O anúncio da gravidez veio após a atriz comparecer ao Globo de Ouro, na noite de ontem. Antes que qualquer duvida pudesse ser levantada, Gal Gadot fez o anuncio. No entanto, uma publicação de dezembro chamou a atenção, a atriz estava abraçada à sua família com a legenda: “Meu tudo 🖐🏼❤️❤️❤️❤️🖐🏼”.

Apesar de ainda não haver confirmação oficial, suspeita-se de que outra menina está a caminho.

O Gal Gadot Brasil deseja toda a alegria e saúde para a família que está crescendo!

Na noite de ontem, Gal Gadot compareceu ao 78º Globo de Ouro acompanhada de seu marido, Yaron Varsano. Ambos posaram para fotos no tapete vermelho.

A cerimônia aconteceu no hotel The Beverly Hilton, em Beverly Hills, na Califórnia, e seguiu todos os protocolos de segurança conta o novo Coronavírus: para evitar aglomerações, apenas os apresentadores estiveram na premiação, os indicados apareceram por vídeo, de suas casas.

Gal Gadot apresentou o prêmio de Melhor Filme de Língua Estrangeira para Minari. Confira o vídeo legendado a seguir.

As fotos de Gal Gadot no tapete vermelho e na cerimônia de premiação podem ser encontradas nos links a seguir e em nossa galeria.

Inicio » Eventos & Aparições Públicas | Events & Public Appearances » 2021 » 02.28 | 78º Globo de Ouro – Tapete Vermelho

Inicio » Eventos & Aparições Públicas | Events & Public Appearances » 2021 » 02.28 | 78º Globo de Ouro – Cerimônia de Premiação

Inicio » Ensaios Fotográficos | Photoshoots » 2021 » 002 | Matt Sayles [Retratos do Globo de Ouro]