Para comemorar o Ano Novo judeu, que aconteceu em 6 de setembro, o primeiro episódio da segunda temporada do podcast do jornal The Guardian, Unholy: Two Jews on the news (Unholy: Dois Judeus no Noticiário, em tradução livre), fez um episódio especial de Ano Novo que contou com a breve participação de Gal Gadot e Sacha Baron Cohen.

Foi pedido que as duas celebridades israelenses escolhessem sua Pessoa Do Ano: Gal Gadot escolheu Shira Isakov, uma mulher israelense sobrevivente de violência doméstica e que conseguiu  se livrar de seu abusador.

A participação de Gal Gadot pode ser ouvida abaixo, a partir do minuto 29:00, e a tradução está logo a seguir.

Olá, ouvintes da Unholy. Olá, Yonit e Jonathan, aqui é Gal Gadot. Que surpresa, a minha Pessoa do Ano, na verdade, é uma mulher! Olhando para o este último ano, houveram tantas mulheres corajosas. Mas uma que realmente se destacou foi o incrível triunfo de Shira Isakov, uma jovem e bela mulher de Mitzpe Rimon, em Israel. Há exatamente um ano, ela foi gravemente ferida após seu ex-marido a esfaquear 20 vezes. Ela só se salvou graças a seu vizinho, que a ouviu gritar por socorro. Enquanto ela ainda estava se recuperando, ela decidiu que não deveria ter vergonha do acontecido. É o agressor que deveria se envergonhar. E com uma voz corajosa e um forte senso de justiça, Shira divulgou uma campanha contra seu agressor e se tornou uma inspiração para todas as mulheres que buscam quebrar o ciclo da violência doméstica. E ela fez isso com muita compaixão, bondade e um lindo sorriso. Ela conseguiu transformar uma tragédia em fonte de orgulho. Então, Feliz Ano Novo Judeu, Shira. E Feliz Ano Novo Judeu para todos vocês.

Yonit Levi continua dizendo que conheceu Gal Gadot há uns 15 anos, apresentada por uma amiga em comum que também se chama Gal (“Este é um nome muito comum em Israel.“) e elas se conhecem desde então, “Tenho que dizer que a enorme fama não mudou ela em nada. Ela ainda é a pessoa mais amigável, mais legal, mais pé no chão, muito, muito inteligente e (…) ela escolheu a Pessoa do Ano lindamente.