Em 2010, no início de sua carreira, Gal Gadot contou para a Ynet uma lista de curiosidades sobre sua vida e carreira. Confira a seguir o que a atriz compartilhou.

por Sivan Kedmi

1000 vezes eu mudei de ideia sobre o que queria ser quando crescer: assessora jurídica, farmacêutica e bailarina. No final, faço a única coisa que nunca pensei em fazer.

178 centímetros é a minha altura, o que explica por que eu jogava no time de basquete do colégio. Não era uma grande cestinha, mas eu arrasava na defesa.

0 era o número de garotas do ensino médio que concordavam em ficar ao meu lado enquanto eu estava de saltos. Esta é a coisa mais próxima de um boicote pelo qual passei.

360 é o número de páginas de roteiro em inglês que li esta semana.

Decorei 20 páginas e o que posso dizer é: interpretar em inglês é um saco. Não importa o quanto eu trabalhe no sotaque, ele nunca será perfeito.

Passei 5 dias filmando com Mark Wahlberg e foi muito engraçado. Ele tem um amigo israelense que lhe ensinou um pouco de hebraico e, toda vez que ele saia para fumar, ele dizia “Gadot, indo atrás de uma shakhta”.

1 vez, caí durante um desfile de moda da Castro e nenhum canal de mídia deixou de exibi-lo. Cair dos saltos é definitivamente uma conquista respeitável na indústria da moda.

Recebi 1 oferta de foto da Playboy alemã. Ela foi rejeitada imediatamente.

99% dos nomes das pessoas que conheço, eu esqueço. Que sorte que o bom Deus nos deu “baby“.

Falo com minha mãe 9 vezes ou mais por dia. Menos do que isso eu começo a me preocupar.

50/50, esta é a minha divisão de tempo entre Tel Aviv e Los Angeles. Surpreendentemente, “olá” é uma palavra que uso muito mais lá. Aqui, simplesmente digo “oi”.

Por 8 horas, fiquei sentada em uma mesa de blackjack (vinte e um) em Las Vegas, com dois árabes e quatro copos de uísque, gritando para o carteador: Vira um As.

0, este é o número de bebidas que sobraram no meu casamento. A propósito, esse também é o número de vezes que saí em lua-de-mel. O tempo é um bem precioso.

Bato 3 vezes na madeira ou falo “hamsa” 5 vezes, toda vez que vejo um gato preto, tenho um pensamento negativo e/ou brigo com alguém.

Servi nas FDI por 2 anos, dos quais apenas 20 dias com uniforme. Quem disse que não valia a pena ser instrutora física na minha roupa civil.

Destruí 4 iPhones, o último não foi minha culpa: eu estava sentada em uma cadeira à beira-mar e, de repente, uma onda passou por mim. O iPhone começou a vibrar e a se contorcer, então corri para casa com ele para tentar salvá-lo. Era tarde demais.

2 vezes comecei a estudar Direito na Universidade Reichman (antiga IDC Herzliya).

Parei 2 vezes.

1/4 polonêsa, austríaca, alemã e tcheca são as minhas origens. E ainda me pergunto de que lado veio o pavio curto.

Inicio » Ensaios Fotográficos | Photoshoots » 2010 » 002 | Alex Lipkin