Gal Gadot acha que a Mulher-Maravilha é uma gênia do batom vermelho

A atriz fala sobre a nova sequência e o seu batom favorito de farmácia.

Gal Gadot pode interpretar a poderosa deusa guerreira Diana Prince na tela, mas a estrela de Mulher-Maravilha 1984 tem seu próprio superpoder na vida real. “[O batom vermelho] é algo comum na minha família porque minha avó costumava usar lábios vermelhos“, disse Gadot à ELLE.com. “Minha mãe usa lábios vermelhos todos os dias. E eu acho que isso é simplesmente algo que eu me acostumei quando cresci, vendo, tendo as mulheres da minha vida usando lábios vermelhos.”

A própria Diana parece ser uma fã da beleza básica, ostentando sua energia no trailer de MM84. Quando ela não está lutando contra vilões e salvando o mundo, Gadot acredita que a sua personagem é uma profissional em usar batom. “A Diana vive há anos e anos e anos e anos, então ela é excelente“, ela diz com uma risada. “Essas coisas são fáceis para ela.” Quanto a Gadot, seu batom vermelho essencial é um preferido das farmácias. “Eu absolutamente amo o Batom Super Lustrous da Revlon em Super Red“, ela acrescenta. “Adoro a tonalidade, a fórmula, a textura. Nunca sai do lugar e é fácil de usar.

Mulher-Maravilha 1984 estava programado para estrear em outubro, mas foi adiada para 25 de dezembro devido à pandemia COVID-19 em curso. No dia de Natal, os fãs poderão assistir ao filme em alguns cinemas e na HBO Max. Assim como o resto do mundo, Gadot ainda está processando os eventos deste ano, mas está tentando se manter positiva. “Honestamente, se você me dissesse um ano atrás, eu teria pirado e dito, ‘de jeito nenhum’“, ela admite. “Mas a verdade é que não tínhamos uma solução melhor. Não foi uma decisão fácil, mas a ideia de famílias assistirem ao nosso filme no dia de Natal aqueceu meu coração e o filme parece mais relevante do que nunca. Estou super animada porque a hora chegou.

No novo filme, Diana está no ano de 1984, totalmente ajustada à vida fora de Themyscira. Outrora um peixe fora d’água, a Mulher-Maravilha agora entende as complexidades da humanidade e ganhou um pouco de sua própria experiência em dor e sofrimento – Diana ainda está de luto pela perda de seu amante Steve Trevor (Chris Pine), que morreu no primeiro filme. Até agora, os fãs sabem que Steve retorna na sequência, após aparecer no trailer, mas o seu retorno está envolto em mistério.

Gadot não pode falar muito sobre o reaparecimento de Pine, mas acha que o público ficará “surpreso” com o filme. “Foi como voltar para a minha segunda casa“, diz ela. “Foi maravilhoso. [Chris, a diretora Patty Jenkins e eu] passamos pelo primeiro juntos e retornar para trabalhar não apenas com colegas de trabalho, mas também com amigos é a melhor sensação que alguém poderia desejar.