As diretrizes ajudarão a identificar e a delatar assédio sexual em produções da indústria do entretenimento

Mulher-Maravilha 2 ainda está em sua fase de pré-produção, com o roteiro sendo escrito, mas já atingiu um importante feito: ele será o primeiro longa a adotar as diretrizes anti-assédio sexual divulgadas na cerimônia de premiação da Associação de Produtores da América (Producers Guild of America – PGA). A informação veio através da Rebecca Keegan, correspondente da Vanity Fair, em sua conta oficial do twitter.

A PGA revelou as diretrizes anti-assédio sexual para os seus 8.200 membros na sexta-feira, 19 de janeiro, após uma reunião realizada na quarta-feira que as ratificou com unanimidade. As diretrizes contém procedimentos específicos para proteger contra o assédio sexual dentro e fora do set, além de recomendações iniciais para identificar assédio sexual, um ambiente de trabalho hostil e esclarecer equívocos relacionado ao assunto.

A PGA recomenda que todas as produções estejam de acordo com as leis estaduais e federais de assédio e providenciem treinamento anti-assédio sexual pessoalmente a todos os membros do elenco e da equipe, antes do início de qualquer filmagem. A organização sem fins lucrativos também defende o cuidado, uma estrutura de relatórios e um protocolo para vítimas, testemunhas e produtores.

Gary Lucchesi e Lori McCreary, presidentes da Associação, disseram: “O assédio sexual não pode mais ser tolerado em nossa indústria ou na lista de membros da Associação dos Produtores. Como produtores, fornecemos liderança chave na criação e manutenção de ambientes de trabalho construídos em respeito mútuo, por isso é nosso dever mudar a nossa cultura e erradicar esse abuso. Embora a PGA seja uma organização de membros voluntários, as Diretrizes Anti-Assédio Sexual da PGA são sancionadas como melhores práticas para os nossos membros. A PGA está em dívida com a campanha Time’s Up, como uma fonte na criação de nossos protocolos. Continuaremos a trabalhar com eles, a comissão da indústria liderada por Anita Hill e outras organizações em nossa comunidade até que o assédio sexual seja eliminado do local de trabalho de entretenimento.

Os protocolos são recomendações iniciais da força tarefa anti-assédio sexual do PGA criada em outubro do ano passado, em resposta às diversas acusações de assédio sexual em Hollywod.

Mulher-Maravilha 2 tem data de estreia prevista para 1 de novembro de 2019. Patty Jenkins retorna na direção, ao lado de Gal Gadot no papel principal da princesa amazona.

Com informações do Screen Daily