A revista Time divulgou a sua lista anual das 100 pessoas mais influentes. Para o ano de 2018, a lista foi dividida em 5 categorias (pioneiros, artistas, líderes, ícones e titãs) e contou com um depoimento de terceiro para cada uma das pessoas que a compõe.

Gal Gadot apareceu como uma das integrantes desta lista na categoria artistas e com um depoimento super fofo de ninguém menos do que Lynda Carter, a primeira Mulher-Maravilha em live action e que fez sucesso da série dos anos 1970.

Gal Gadot trouxe a Mulher-Maravilha a milhões de novos fãs. A representação dela foi magnífica e poderosa, capturando tudo o que a Mulher-Maravilha representa.

Ela e eu temos sorte em ser membros dessa pequena irmandade, vivendo e respirando essa super-heroína excepcionalmente forte, inteligente e charmosa. Eu sei que, como pessoa, Gal incorpora todas essas características. Ela é esposa e mãe, ela serviu o país dela, viajou o mundo e é trabalhadora, amorosa, sábia, brincalhona e cheia de humanidade.

A Mulher-Maravilha ajudou a transformar como as mulheres e garotas se vêem desde que ela surgiu em uma série de TV, em 1975. Ela representa o que sabemos que está dentro de cada um de nós: força feroz, um coração gentil e valor incrível. Gal compreendeu e capturou o espírito dessa personalidade complexa, independente e totalmente feminina. Eu a aplaudo por todo o sucesso dela.

Carter interpretou a Mulher-Maravilha na série dos anos 1970.

Gal Gadot agradeceu ao carinho de Lynda Carter em sua conta oficial do Twitter, “Uau, muito obrigada revista Time! Que grande honra estar nesta lista com essas pessoas incríveis. E obrigada a minha mamãe ursa, Lynda Carter, pelo amor e pelas palavras tocantes. Você é a rainha. 🙏❤😊

Gal Gadot e Lynda Carter se conheceram pessoalmente pela primeira vez em um evento que honrava a Mulher-Maravilha na ONU, em 2016. Lynda Carter poderá aparecer na sequência de Mulher-Maravilha.