Variety informou com exclusividade que Gal Gadot, a estrela de Mulher-Maravilha 1984, produzirá a versão norte-americana da série de sucesso de drama policial israelense, Queens.

A versão israelense de Queens mostra a história das mulheres da família Malka que devem se unir, após os homens da família serem assassinados por um sindicato do crime rival. Levadas a uma vida que elas não escolheram, as mulheres percebem que podem finalmente controlar o seu destino e responder uma à outra e ao mundo ao redor delas como indivíduos, enquanto tentam permanecer vivas.

Gal Gadot e seu marido Jaron Varsano serão os produtores executivos, através da produtora deles, a Pilot Wave. A Endemol Shine North America e Endemol Shine Israel serão as produtoras.

A primeira temporada da versão israelense foi a série mais assistida de 2018; a segunda já está em produção. A série original foi criada por by Gal Zaid, Dani Rosenberg, Ruth Zaid e Dror Nobelman e é baseada na ideia de Limor Nahmias.

Estamos muito animados em celebrar essas mulheres, através da história de Queens,” disseram Gal e Jaron. “Estas personagens complexas são cativantes, engraçadas e emotivas. É difícil encontrar conteúdo assim que mostre personagens de maneira tão verdadeira, enquanto espelham a sociedade. Estamos ansiosos em trazer a história delas para o mundo e trabalhar com a equipe da Endemol Shine neste projeto.

”Queens é uma história complexa sobre ser mulher em nossos dias e tudo o que acompanha isso do ponto de vista da família, da carreira e do relacionamento“, disse Guy Levy, presidente da Endemol Shine North America. “É gratificante ver uma série que trata mulheres com complexidade, mostrando que nossas diferenças são os pontos fortes que nos unem“, completou o executivo.

A equipe de produtores executivos que conta também com Nadav Hanin, Mirit Toovi e Guy Levy, da HOT (canal israelense), Amir Ganor, Gal Zaid e Ruth Zaid, da Endemol Shine Israel e Sharon Levy e Lisa Fahrenholt da Endemol Shine North America estão arredondando o projeto e o levarão para o mercado no próximo ano.

Com informações da Variety