Ela também falou sobre a falta da indicação de diretoras nesta temporada de premiações

Por Lauren Moraski

Gal Gadot interpreta uma super-heroína na telona, mas, nos bastidores, a atriz e mãe de duas filhas tem uma série de rituais para se preparar para este tipo de papel, bem como uma rotina para cuidar de sua mente e corpo diariamente.

Neste outono, os fãs poderão assistir Gadot em Mulher-Maravilha 1984, a sequência do filme de 2017 que foi sucesso de bilheteria e crítica. Você também começará a ver muito mais de Gadot, mesmo antes do filme chegar aos cinemas em 4 de junho, já que ela se tornou oficialmente a nova garota propaganda da marca de água da Coca-Cola, a Smartwater.

O HuffPost se encontrou com Gadot para conversar sobre sua rotina de bem-estar, Mulher-Maravilha 1984 e a importância de diretoras.

Há tantas coisas que você pode fazer pelo bem-estar. Qual é a sua abordagem holística pessoal para o bem-estar?
Gal Gadot: Você tem bastante tempo?

Sim, claro, estou te ouvindo!
Gal Gadot: 
Eu acho que permanecer hidratada é uma coisa importante. E, especialmente para mim, como viajo o tempo todo, isso é algo que sempre me faz sentir energizada e bem. Agora, como uma filosofia de vida que tenho – vivemos vidas tão modernas, agitadas, ocupadas e pressionadas – e algo que é realmente grande para mim é o equilíbrio e encontrá-lo em tudo o que fazemos e achar maneiras de realmente nos recarregarmos fisicamente, mentalmente, espiritualmente e emocionalmente.

Quando se trata do meu corpo, me certifico de beber água. De me exercitar. De que tudo o que eu consumo, o máximo que eu puder, seja saudável e bom para mim. Tento meditar o máximo que posso e isso é algo que eu tento ensinar as minhas filha como fazer. Trata-se apenas de encontrar um equilíbrio entre ser uma mãe que trabalha… É como uma luta sem fim de tentar, entre os horários das crianças, a sua agenda, a agenda do seu marido e a vida. Eu realmente tento arrumar tempo para a família, para mim mesma e realmente estar atenta a isso – a equilibrar todos os diferentes aspectos da vida. E isso é uma coisa constante, pois sempre muda… E também entender que, enquanto estivermos fazendo o nosso melhor, isso é tudo o que podemos fazer… e deixar para lá, quando for a hora.

Estou curiosa, você se encontrou com Jennifer Aniston, que se uniu anteriormente à Smartwater?
Gal Gadot:
Meu Deus, queria. Eu amo a Jennifer Aniston. Ela é uma das minhas atrizes preferidas, eu a adoro e admiro o trabalho dela. E estou muito feliz em fazer esta parceria com a Smartwater, como ela fez.

Entendo. Você mencionou as suas filhas antes. O que você deseja incutir nelas além do bem-estar?
Gal Gadot: 
Quero que elas sejam gentis. Quero que elas sejam boas com elas mesmas. Quero que elas sintam que têm oportunidades ilimitadas e que devem celebrar quem elas são. E também, sinto que estamos sendo sugados de uma maneira muito, muito exigente pelo mundo, então, novamente, [que elas] encontrem o equilíbrio. Faça o que é bom para você, e espero que eles façam.

Tipo, é tudo o que você pode fazer, certo?
Gal Gadot: Sim, exatamente. Ter esperança.

Estamos falando de bem-estar e ser saudável. O que você faz para se preparar para um papel como a Mulher-Maravilha?
Gal Gadot: 
São meses de treinamento e uma dieta especial. E, é claro, sempre bebendo muita água, porque, especialmente quando você está treinando, ela é necessária para os músculos também. Fazemos muitos exercícios de fortalecimento na academia e muito treino coreográfico. E adicionei um pouco de Pilates no último filme, porque eu pensava: “Preciso fazer algo que seja bom para mim e não apenas apertar o corpo”, então também fazemos Pilates. E é, é muito intenso, mas devo dizer que depois de alguns meses de me exaurir fazendo isso todos os dias, você realmente pega o ritmo e fica surpresa com o que seu corpo pode fazer.

Porque você faz muitas de suas próprias cenas de ação, certo?
Gal Gadot: 
Sim, e eu tenho duas dublês que amo e são incríveis, e elas também devem receber seus créditos, mas eu faço a maior parte delas. Neste, ao contrário de muitos filmes de super-heróis que você faz a maior parte em telas verdes, nos certificamos de gravar o máximo possível de verdade e no local. E foi muito complicado, demorado e exigente, mas valeu a pena.

Mulher-Maravilha 1984 será lançado mais para frente, este ano. Se você tivesse que falar um pouco sobre o que as pessoas podem esperar, o que você diria sem dizer muito, é claro?
Gal Gadot: Bem, neste filme, é uma nova jornada da Mulher-Maravilha. Espero e acho que ele terá um grande efeito nas pessoas, porque o filme é muito universal. E, além do fato de ele estar repleto de ação, história de amor, novos vilões e da história ser tão boa, acho que há uma parte que vai falar com todos e cada um de nós.

Mulher-Maravilha foi dirigido por uma mulher, estrelando uma mulher. Mas aqui estamos nós, alguns anos depois, no meio da temporada de premiações, e nenhuma mulher foi indicada na categoria de melhor diretor do Globo de Ouro, por exemplo. Como dona da sua própria produtora, o que você acha disso?
Gal Gadot: 
Acho que todo mundo está falando sobre o empoderamento das mulheres e o feminismo; e, obviamente, é verdade que pelos simples fatos que você mencionou, ainda não chegamos lá. Ainda há um longo caminho a percorrer. Acho que há cineastas mulheres fabulosas e super talentosas que merecem ser reconhecidas. E eu só posso esperar, e fazer o meu trabalho o máximo possível com as minhas produções e como produtora de Mulher Maravilha, de outros filmes e séries de TV, que isso mudará. Estamos apenas no começo de uma tendência.

Esta entrevista foi editada e condensada para maior clareza.

Traduzida e adaptada por Cami – Gal Gadot Brasil.