Em conversa com o ComicBook.com durante a divulgação de Wi-fi Ralph – Quebrando a Internet, os diretores Rich Moore e Phil Johnston compartilharam a história de como chegaram até Gal Gadot para dar voz à piloto de corridas super legal, Shank.

Eles contaram que tinham alguém “como” a atriz em mente desde o início e decidiram tentar conseguir a atriz para o filme.

[Voamos para Londres] algumas vezes,” Moore contou, “Começamos com a ideia de que a Shank era para ser essa figura de irmã mais velha legal para a Venellope, mas quem poderia interpretá-la? Sem dúvidas, a pessoa mais legal. E a gente ficou, ‘Bem, a Gal Gadot.’ e alguém na sala falou, ‘Boa sorte!’ Estamos iludidos, vamos tentar, não dói tentar. Então, escrevemos uma carta para ela, contamos a ela a história e enviamos um roteiro para ela. Nos falamos pelo telefone após ela ter lido a carta e, rapidamente, ela decidiu ‘Está bem, eu gostei! Há uma música nele e eu posso cantar, então estou dentro!'”

Johnston completou, “Isso me lembra que, quando dissemos isso inicialmente, falamos ‘um tipo Gal Gadot’. E com a música [que ela canta] falamos, ‘um tipo de música Alan Menken’. Aí ficamos, ‘Espera, por que a gente não tenta conseguir os originais? Surpreendentemente, deu certo e aqui estamos nós.

O filme estreia em 3 de janeiro no  Brasil. Confira a seguir uma cena do filme em que Venellope e Shank estão em uma perseguição de carros.

Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, e Vanellope, sua companheira atrapalhada, iniciam mais uma arriscada aventura. Após a gloriosa vitória no Fliperama Litwak, a dupla viaja para a world wide web, no universo expansivo e desconhecido da internet. Dessa vez, a missão é achar uma peça reserva para salvar o videogame Corrida Doce, de Vanellope. Para isso, eles contam com a ajuda dos “cidadãos da Internet” e de Yess, a alma por trás do “Buzzztube”, um famoso website que dita tendências.

Criado por Rich Moore e Phil Johnston, Wi-fi Ralph – Quebrando a Internet conta com John C. Riley, Sarah Silverman, Gal Gadot, Taraji P. Henson, Jack McBrayer, Jane Lynch, Alan Tudyk, Alfred Molina.

No Brasil, Shank é dublada por Giovanna Lancellootti.

Ouça a seguir Gal Gadot e Sarah Silverman cantando a música A Place Called Slaughter Race, da trilha sonora do filme.